PRÓTESE DENTÁRIA

 

As próteses dentárias são aparelhos que substituem os dentes naturais perdidos. Para que o sistema mastigatório funcione adequadamente, os dentes precisam estar em equilíbrio nos arcos dentários superior e inferior. A perda de um só dente desequilibra esse sistema de forças, e os dentes movimentam-se, migrando para compensar a perda. Espaços são criados, desníveis acontecem e a mastigação e a estética sofrem. Os dentes precisam ser recolocados.

 

Objectivos da Prótese Dentária:

  • Melhorar a estética
  • Melhorar a fonética
  • Melhorar a mastigação
  • Prevenir problemas articulares
  • Prevenir doenças periodontais

img-top-proteses

 

Existem quatro tipos de próteses:

  • Prótese Fixa ou Ponte Fixa
  • Prótese Parcial Removível ou Ponte Móvel
  • Total Móvel ou Dentadura
  • Fixa ou Móvel sobre Implantes

 

protese_removivel

 

Prótese Fixa ou Ponte Fixa - é recomendada quando há perda de um ou mais dentes, podem ser cimentadas aos dentes naturais ou implantes próximos ao espaço vazio. Esses dentes chamados de pilares servem de âncora para as pontes. Um dente substituto, chamado pôntico, é soldado às coroas que revestem os pilares. O desequilíbrio causado por um dente ausente pode levar a gengivite e a disfunção da articulação temporo mandibular (ATM). As próteses fixas de porcelana ou de cerâmica devem ter a cor natural dos dentes.

 

Prótese Parcial Removível ou Ponte Móvel - basicamente, toda PPR é fixada na boca por meio de grampos metálicos, semiflexíveis, apoiados em dentes naturais (pilares) e por um perfeito assentamento do aparelho, sobre a gengiva das áreas desdentadas. Para eliminar os grampos, utiliza-se um sistema de encaixes (attachments) colocados em coroas protéticas cimentadas sobre alguns dentes naturais remanescentes. Este sistema é mais indicado quando os grampos prejudicam o visual do paciente, devendo também, levar-se em conta que seu custo é mais elevado e exige técnicas sofisticadas para a sua execução. A higienização é de suma importância tanto para a prótese quanto para os dentes naturais, pois remove bactérias, fungos e restos de alimentos do aparelho e conserva a dentição natural.

 

Total Móvel ou Dentadura - as próteses totais removíveis possuem preço mais acessível, mas devem ser trocadas com frequência devido às alterações bucais e por sofrerem um processo contínuo de degradação. Geralmente são feitas de acrílico, mas podem ter um esqueleto metálico. Também é interessante ter um modelo de reserva, para casos de quebra ou perda. Recomenda-se utiliza-la a maior parte do tempo para melhor adaptação. A higienização é imprescindível após cada refeição, utilizando-se material específico de limpeza e durante a noite a prótese deve ser deixada em descanso dentro de um copo com água com detergente específico para prótese dentária.

 

Fixa ou Móvel sobre Implantes - implantes dentários são suportes ou estruturas de metal posicionadas cirurgicamente no osso maxilar abaixo da gengiva. Uma vez colocados, permitem ao dentista montar dentes substitutos sobre eles. Durante o tratamento será colocada uma prótese provisória, possibilitando-o mastigar, falar e sorrir, satisfatoriamente.

 

Dicas importantes para manutenção:

Proteses

  • O passo mais importante para garantir a longevidade da sua prótese é possuir uma boa prática de higiene bucal.
  • A prótese fixa deve ser higienizada com uso de escovas, fios dentais e “passa fio”, além de pastas de dentes.
  • A prótese removível deve ser retirada para higienização sempre após a ingestão de alimentos, através da escovação cuidadosa de todas as suas superfícies e com ajuda de escovas cilíndricas, sabão neutro e pasta de dente, sem o uso de força excessiva. Devem ser retiradas para dormir.
  • A longevidade das próteses e de cerca de cinco anos, mas reparos nas próteses são comuns e devem ser executados por profissional competente.
  • Visite também seu dentista regularmente, para exames e limpezas profissionais.

Marque a sua consulta sem compromisso.